Administre os seus sentimentos

Inteligência emocional vale mais que QI alto

  • 20 de novembro 2017
  • por Editor

A inteligência emocional é um tipo de inteligência ligada à gestão de sentimentos próprios e alheios. “É também a capacidade de controlar e lidar com a frustração, a raiva e a tristeza”, diz o coach de carreira, Edinho Barbosa.

 

 

Segundo Barbosa, o segredo para alguém ser bem-sucedido na vida está em conseguir equilibrar seu lado racional com o conhecimento das próprias emoções.

“A habilidade com as emoções é muito mais importante para o sucesso do que o QI. Quando você se conhece, descobre quais são os seus gatilhos de emoções e pode usar técnicas para se acalmar, por exemplo” explica.

 

Para o coach, existem quatro critérios que podem avaliar a inteligência emocional. A capacidade de entender as próprias emoções, conhecendo suas forças e fraquezas; saber controlar emoções, direcionando-as para o lugar correto; capacidade de entender as necessidades dos outros e habilidades sociais, que criam um ambiente de relacionamento saudável.

 

Barbosa explica que um sentimento ruim não significa uma ação ruim ou uma fraqueza emocional. As emoções acontecem o tempo todo. Temos que guardar que os fatos, de forma geral, são neutros. E para todo fato existe uma reação que nós desencadeamos sobre esse fato. Essa reação é que gera uma consequência que pode ser ruim, dolorosa e até catastrófica.

 

“Devemos estar preparados para um mercado competitivo, um mercado que exige muito. Esse exigir faz que muita gente não aguente a pressão”, diz.

 

“Um exemplo são pessoas que, por algum motivo, não bateram as metas do mês e projetam os piores cenários com aquela situação. Criam sistema doentio de consequências por uma falta de inteligência emocional anterior. Se você tem inteligência emocional, você estará preparado para as situações que a vida vai te colocar e trabalha para modelos de mapas mentais que te colocam pra novas situações”, finaliza.

 

Edinho Barbosa – Master Coach, formado pela Sociedade Brasileira de Coaching, treinador comportamental pelo IFT e hipnoterapeuta, pelo Instituto Brasileiro de Formação em Hipnose, também possui formação em Programação Neurolinguística.

Trabalhou como trainer da Dale Carnegie Treinamentos, com foco em relações humanas, comunicação e liderança e também é co-autor do livro Voe acima do Topo – Estratégias de treinadores comportamentais para você atingir o sucesso.

Possui mais de doze anos de experiência nas áreas de treinamentos e palestras. Já realizou palestras e treinamentos para Unimed, Claro, Renault, Votorantin, Nova Química, Hypermarcas, Morifarma entre outras.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *