SAÚDE E FELICIDADE

Melhore a sua vida dançando!!!

  • 08 de janeiro 2018
  • por Editor

A dança não se resume simplesmente em aquisição de habilidades, mas sim, pode contribui para o aprimoramento das habilidades básicas, dos padrões fundamentais do movimento, no desenvolvimento das potencialidades humanas e sua relação com o mundo. A professora CAMILA NICKEL, da OZ Música e Dança explica mais nesta entrevista.

 

 

A dança como prática favorece a criatividade, além de favorecer no processo de construção de conhecimento.
Outro benefício que a atitude da vida traz, é levar essa atitude para as atividades do dia a dia.

 

 

POSTURA
A dança traz vários benefícios para quem pratica, mas um dos mais importantes são os benefícios para a postura.
Em algum momento, já deve ter visualizado uma pessoa passando por você na rua e notou aquela postura elegante e alongada. Provavelmente essa pessoa pratica a dança.
A postura não engloba somente na região da coluna, mas todo um conjunto, os quais são: cabeça, tronco, quadril, pernas e pés.
Esse conjunto se torna uma estrutura como se fosse blocos e se há um bloco que esteja desalinhado, interferirá em todo o restante do corpo prejudicando a movimentação em todo o seu espaço, trazendo lesões futuras (a má postura além de trazer dores, pode gerar escoliose, lordose e cifose).

 

SAÚDE
Uma ajuda ao coração
A dança é uma grande atividade para pessoas com risco de sofrerem doenças cardiovasculares. Um estudo italiano demonstrou que pessoas com insuficiência cardíaca, que praticaram a dança como opção de exercício, melhoraram o desempenho desse órgão, bem como a respiração e a qualidade de vida, de maneira significativa, em comparação com aqueles que pedalavam ou caminhavam em esteiras.

 

PERDA DE PESO
A perda de peso é outro dos benefícios que a dança proporciona se praticada com regularidade. Um estudo realizado pelo Journal of Physiological Anthropology, demonstrou que um programa de exercício aeróbico de entretenimento, tal como a dança, é tão útil para a perda de peso e o aumento da potência aeróbica quanto o ciclismo ou a corrida.

 

AUMENTA A ENERGIA
Você se sente sem energia durante o dia? Dançar pode te ajudar a recuperá-la. Uma pesquisa publicada no The Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition, demonstrou que um programa de dança semanal poderia melhorar o rendimento físico e aumentar os níveis de energia em adultos.

 

MELHORA A FLEXIBILIDADE, FORÇA E RESISTÊNCIA
Dançar algumas vezes requer uma grande flexibilidade. A maioria das aulas de dança começa com um aquecimento que inclui vários exercícios flexíveis de alongamento. Quando dançamos, devemos nos esforçar para alcançar a amplitude de movimento de todos os grupos musculares.

Dançar aumenta a força, obrigando os músculos a resistirem ao próprio peso do corpo. Muitos estilos de dança, incluindo o jazz e o balé, requerem saltos, o que exige muita força nos principais músculos das pernas.

 

EMOCIONAL
Proporciona felicidade
Dançar e algo que diverte a praticamente todas as pessoas. Se você observar uma pessoa enquanto ela dança, com certeza verá um grande sorriso em seu rosto. Sorrir e rir enquanto se dança é absolutamente natural! Esse é um sinal de que estamos nos permitindo aproveitar a atividade. Diferente de outros exercícios (ou atividades), a dança não impõe barreiras de idade, assim, qualquer faixa etária pode dançar e aproveitar dos benefícios desta atividade para a saúde.

 

ACABA COM O STRESS E DEPRESSÃO
Foi descoberto que um dos benefícios da dança vem do fato de que ela ajuda a prevenir a leve depressão e melhora a confiança do indivíduo que opta por dançar. A depressão tem se tornado um problema crescente entre adolescentes e adultos de todas as idades.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *