Consultório Médico

Cuidado! Energético em excesso faz mal para a saúde

  • 05 de junho 2018
  • por Carol

Lotado de cafeína, o energético não é inócuo como parece. Em excesso, ele faz mal para a saúde. Pode prejudicar o coração, provoca gastrite e danifica os dentes. Esse foi o assunto no Consultório Médico, quadro diário do Programa Manhã da Mais com Carol Chab.

 

A Dra Márcia Simões, pós-graduada em medicina estética e nutrologia e diretora técnica médica da Eden Clinic fala sobre os riscos de consumir a bebida energética.

 

Aperte o play e ouça a entrevista completa

 

 

 

 

Como o desejo de que o dia tenha bem mais de 24 horas não passará disso, ou seja, de um desejo, as pessoas vivem procurando maneiras de fazer o tempo disponível render. Uma delas é mandar energéticos goela abaixo para ficar a mil.

 

O indício de que se trata de um comportamento cada vez mais corriqueiro vem do Serviço de Administração em Abuso de Substâncias e Saúde Mental, nos Estados Unidos.

 

Em um documento recente, o órgão revela que, entre 2007 e 2011, aumentou em 279% o número de indivíduos acima de 40 anos visitando o pronto-socorro após a ingestão da bebida. Prova de que não são apenas os jovens baladeiros que se entopem de latinhas.

 

Outro dado intrigante: em 2011, quase 60% desses atendimentos emergenciais estavam associados somente ao uso dos energéticos – isto é, não havia álcool ou drogas na jogada. A situação americana está longe de surpreender especialistas brasileiros. Afinal, essa parece ser uma realidade também por aqui. “Devido à rotina atribulada, muita gente já acorda cansada.

 

Daí, às vezes só com a ajuda da bendita cafeína, principal composto das bebidas estimulantes, para aguentar o tranco. Só que existe um limite para seu consumo. “Adultos, por exemplo, podem ingerir no máximo 2,5 miligramas de cafeína por quilo de peso”.

 

Isso significa que uma mulher de 60 quilos precisaria parar nos 150 miligramas. “Acontece que, nos energéticos, a quantidade de cafeína varia de 80 até 500 miligramas”.

 

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *