Mais educação

Entenda sobre a importância da Infância na formação do indivíduo

  • 22 de março 2019
  • por Repórter

(Foto: Reprodução)

 

Dia 21 de março, foi comemorado o Dia da Infância. Segundo um estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, fatores sensoriais e estímulos recebidos na barriga da mãe até os seis anos de idade atuam de forma decisiva na formação da arquitetura cerebral da criança. Personalidade, gostos, a forma como vê o mundo, seu emocional são construídos neste período, por isso a importância da primeira infância na formação de um indivíduo. “Prover um ambiente seguro, saudável, com diferentes estímulos, lugares diversificados e com pessoas que vão nutrir a criança de afeto, segurança e tranquilidade, favorece a formação de um ser humano mais preparado para enfrentar o mundo”, explica a pediatra e psicanalista, coordenadora do Programa DEDICA, – Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Luci Pfeiffer. No programa Manhã da Mais em entrevista com a Carol Chab, ela falou sobre a importância da formação do individuo na infância. Confira:

 

 

 

 

Todos os fatores são importantes: alimentação, que além de promover saúde, é essencial para o crescimento e desenvolvimento neuro-psicomotor; afeto e atenção, que favorece a segurança, amor e bem-estar fundamentais para que a criança adquira confiança na relação com os outros e consigo mesma; convívio social, para preparar para as diversas situações que os pequenos venham a enfrentar quando grandes; estímulos e brincadeiras com outras crianças e ambientes diferenciados, como parques, praças e praias; exposição a diferentes estímulos, como uma visita a um museu, biblioteca, ou uma brincadeira diferente.

 

Segundo a médica, o stress crônico, as violências em todos os seus níveis e a falta do cuidar, podem diminuir o desenvolvimento cerebral e deformar a estruturação psíquica, com a permanência do corpo e mente em alto nível de alerta. “Tudo isso favorece para o aparecimento de doenças na infância e na vida adulta, tanto psíquicas, quanto físicas”, explica.

 

 

Cinco dicas que podem auxiliar no desenvolvimento saudável da criança.

 

1- Dar atenção e importância aos pequenos momentos. “Um café da manhã juntos, uma conversa no trajeto da escola até em casa, o brincar no parque, contar histórias antes de dormir, são momentos que estreitam relação e fazem a diferença para os pequenos”, afirma.

 

 

2- Alimentação saudável. “Oferecer todos os dias uma alimentação variada, com uma porção de os grãos, uma de carboidrato, legumes e verduras, e uma fonte de proteínas, como algum tipo de carne magra e/ou ovo, seguidos de uma fruta. Evitar excessos de açúcar, sal, gorduras e alimentos industrializados, bem como os refrigerantes e sucos artificiais. Tudo isso contribui para um bom desenvolvimento físico e bem-estar corporal, o que vai se refletir no humor, no rendimento escolar e no sono tranquilo, com menor incidência de doenças.”

 

 

3- Expor a criança a diferentes estímulos, como ir a lugares diversificados, incentivar a criatividade e a curiosidade no aprender, trazer o novo saudável para a vida da família, como um novo jogo de tabuleiro ou uma nova atividade.

 

 

4- Música. “A música desenvolve o lado esquerdo do cérebro, que é o lado das emoções. Cantar pro seu bebê, colocar som suave e afinado enquanto preparam uma refeição, são ótimas sugestões. Falar com seu filho desde a gestação e dos primeiros dias de vida, traz segurança e uma compreensão muito mais rápida.”

 

 

5- Olho no olho. “O olhar dos pais passa confiança e desejo de vida que se leva para a vida toda.”

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *