Entrevista do dia

Festival de Curitiba: Espetáculo “ATERRA” retrata as dificuldades de um personagem LGBT+

  • 22 de março 2019
  • por Repórter

(Foto: Divulgação)

 

 

A peça, protagonizada pelo ator Renan Bonito, de Jacarezinho, no interior do Paraná, é uma das atrações da 28ª edição do Festival de Curitiba

 

 

O espetáculo “ATERRA”, um solo do ator Renan Bonito com direção de Adelvane Néia, marca a estreia da Companhia da Terra, composta por artistas da cidade de Jacarezinho, no interior do Paraná.  A peça aborda a questão LGBT+, um dos temas mais atuais na sociedade brasileira, por meio de um personagem caipira que vive no início do século XX, e será encenada no Fringe do Festival de Curitiba 2019, nos dias 27, 28 e 29 de março, no Auditório Antônio Carlos Kraide, no Portão Cultural. A classificação etária do espetáculo é de 16 anos.

 

 

 

 

“ATERRA” também está entre os espetáculos do Festival de Curitiba que contará com um intérprete de Libras. A intenção dessa atitude é ampliar o alcance da arte, fazendo com ela chegue ao maior número de pessoas possível. A peça estreou em outubro de 2018 na cidade de Jacarezinho e já foi encenada em algumas cidades do norte do Paraná.
Os ingressos para o espetáculo já estão à venda no site do Festival de Curitiba (https://festivaldecuritiba.com.br/evento/aterra/) e nos pontos físicos localizados no ParkShoppingBarigüi (de segunda a sexta, das 11h às 23h, no sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h) e no Shopping Mueller (de segunda a sábado, das 10h às 22h, e nos domingos e feriados, das 14h às 20h).

 

O espetáculo será apresentado nos dias 27/03 (quarta-feira), às 12h, e 28/03 (quinta-feira) às 15h. No dia 29/03 (sexta-feira), às 15h, a apresentação contará com o intérprete de Libras.

 

 

Concepção e pesquisa

 

 

No processo de aterramento, o ser humano deixa pelo caminho as decisões e vontades como se fossem sementes condenadas a não florescer. Nessa situação, os desejos mais profundos das pessoas são jogados pelo caminho e elas acabam se afastando cada vez mais da essência humana, seja por decisão própria ou influência de terceiros.
Esse é o ponto de partida para a peça “ATERRA”. A partir dessa perspectiva, o espetáculo aborda o tema LGBT+ de uma maneira muito particular que promete surpreender o espectador. O enredo da peça se passa em Jacarezinho, entre os anos 1920 e 1950, e narra a vida de um homem simples que vive em conflito com seus “aterramentos”. No palco, a vida do personagem é contada por meio de cenas poéticas e diálogos com os objetos em cena, procurando estabelecer uma relação direta com a plateia.
O espetáculo propõe uma reflexão sutil e emocionante sobre a homoafetividade do personagem e o conceito de família.

 

 

Serviço

 

O que: Espetáculo ”ATERRA”, um solo do ator Renan Bonito com direção de Adelvane Néia, da Companhia da Terra.
Onde: Auditório Antônio Carlos Kraide, no Portão Cultural (Avenida Rep. Argentina, 3430, Portão).
Quando: 27 (12h), 28 (15h) e 29 de março (15h, com Intérprete de Libras).
Quanto: 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Vendas no site do festival (https://festivaldecuritiba.com.br/evento/aterra/) e nos pontos físicos localizados no ParkShoppingBarigüi e no Shopping Mueller.

Classificação etária: 16 anos.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *